quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

FOGO PARA TERTULIA

Voltava com nossa filha novinha de uma rotineira visita ao pediatra quando um forte cheiro de fumaça invadiu o carro e logo pudemos ver fogo em chamas de terríveis proporções.
Desvia daqui e dali chegamos em casa.
Ligamos a televisão ainda com as pernas bambas e coração saltitante, ficamos paralisados por alguns segundos sem acreditar naquela realidade de horror onde as pessoas se atiravam numa sena que jamais esquecemos.
Era o fogo tomando conta do edifício Andraus
Em fevereiro de 74, novamente fomos aterrorizados em São Paulo (onde moramos por 5 anos) com o incêndio do ed. Joelma
O dia começava lentamente prometendo acolher somente a luz do sol, quando galopantes labaredas borravam assustadoramente a paisagem urbana.
Assistimos novamente a um filme de horror onde o fogo fazia o papel principal.
Meu Deus, que passaria no pensamento daquelas pessoas, se é que pensavam... Para algumas a certeza da vida e pra outras menos fortes já cegos para mínimos detalhes que os levassem para um novo amanhecer.
Aquilo tudo se confundia na nossa frente, só me restava ajoelhar e rezar para cada desconhecido que hoje sobrevivente, estejam superados e para aqueles que não resistiram ao fogo feroz que tenha deixado a magia da vida rumo a uma viagem feliz...
Na época, não podia doar sangue com faço hoje, pois amamentava minha menina.
Gostaria de varrer da lembrança as imagens destes incêndios, mas ficaram como aquelas musiquinhas que não gostamos e as vezes cantarolamos.
Nilda

Ficarei afastada por um tempo.
Beijoca.
Nilda.

29 comentários:

Eunice Martins disse...

OI AMIGA BOM DIA QUE COISA ESSA,DEVE SER HORROROSO VER TAIS IMAGENS SEM PODERMOS FAZER NADA, AMIGA DESEJO QUE DEUS VOS ABENCOE E A TODOS OS QUE POR ISSO PASSARAM, BEIJOS E TENHA UM SANTO DIA.

Tertúlia Virtual disse...

Que experiência terrivel!
Obrigado por participar da TERTULIA. Para sua postagem receber um número maior de visitas você deve se inscrever na CENTRAL DE RELACIONAMENTO da TERTULIA VIRTUAL. Eu desta vez, fiz por você.

Bjs e parabéns pela participação!

Só- Poesias e outros itens disse...

O fogo possui esse poder, incrível seus relatos.

bjs.

JU Gioli

Chris disse...

Impressionante e emocionante a lembrança do Fogo como descrito em sua postagem.

Abraços,

Chris

Cantinho da Hakathi disse...

Nilda, lendo seu relato me veio a lembrança de um único incêndio que presenciei em minha vida, mas é incrível como a força silenciosa...sem piedade do fogo, da fumaça e das chamas invadem cômodos, lembranças, pertences, documentos, bens pessoais, fotografias, bilhetes, levando com ela momentos sejam bons ou ruins... as imagens que em recordo eram de que todos os vizinhos ligavam as mangueiras de jardim na tentativa de esfriar as paredes que ainda nao haviam sido tomadas pelo fogo... outro correndo para carregar baldes de água... enfim... minha família acabou abrigando a família naquele momento e ate conseguimos uma residência para eles, pois o mais velho menino chamado Rodrigo tinha serios problemas de coração... rostinho que jamais esquecerei... e que há tempos Deus o acolheu...
Amiga, a máxima que "Deus nos dá a cruz que podemos carregar" deve ser aplicada não como um consolo mas como um impulso para fazermos nossa parte todos osdias e bem feita, que ela não seja um rascunho!
Bjs e fica com Deus

james emanuel disse...

Vale lembrar para cuidar de não acontecer de novo!

Um abraço.

João Menéres disse...

NILDA

Eu vou contar uma outra "cena" que aconteceu comigo por três vezes (graças a Deus, foi só por três vezes !).
No Porto, um dia fotografei um edifício histórico. Passaram duas semanas. Houve incêndio nele.
Em Vila Real de Trás-os-Montes, um dia fotografei uma carpintaria cujo telhado tinha um muito interessante lançamento. Pois bem, nem 10 dias depois um incêndio tudo destruiu...
E, finalmente (até hoje, que eu saiba), fotografei um solar no Minho. Um mês depois, um pavoroso incêndio, devorou tudo que havia no seu interior.
As paredes, de um granito largo, escaparam. O solar foi reconstruído por dentro até ao telhado.
Os bens que se perderam, não pode nem imaginar!

Como estes casos foram todos muito próximos, durante algum tempo, eu até tinha medo de me lembrar fotografar qualquer casa...

expressodalinha disse...

Um verdadeiro filme catástrofe. A evitar... Fogo assim não interessa!

Bento disse...

Blog pessoal com muita personalidade... tal como o post sobre o fogo...são imagens que qeuremos esquecer e que sempre resistem como certas musiquinhas irritantes...

Adelino disse...

Nilda, conheço uma pessoa que também presenciou o incêndio do Joelma, vendo pessoas se atirarem dos andares do edifício.
O fogo é dos elementos da Natureza mais imprevisível, creio.
Um abraço, e parabéns pelo bonito depoimento.

Eunice Martins disse...

OLA AMIGA,

Se eu morrer antes de você

Se eu morrer antes de você,
faça-me um favor:
Chore o quanto quiser,
mas não brigue com Deus
por Ele haver me levado.
Se não quiser chorar, não chore.
Se não conseguir chorar,
não se preocupe.
Se tiver vontade de rir, ria.
Se alguns amigos contarem
algum fato a meu respeito,
ouça e acrescente sua versão.
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
Se me criticarem demais, defenda-me.
Se me quiserem fazer um santo,
só porque morri,
mostre que eu tinha um pouco de santo,
mas estava longe
de ser o santo que me pintam.
Se me quiserem fazer um demônio,
mostre que eu talvez tivesse um pouco
de demônio, mas que a vida
inteira eu tentei ser boa e amiga(o).
Espero estar com Ele o suficiente para
continuar sendo útil a você, lá onde estiver.
E se tiver vontade de escrever
alguma coisa sobre mim,
diga apenas uma frase:
- "Foi minha amiga,
acreditou em mim
e me quis mais perto de Deus!"
- Aí, então, derrame uma lágrima.
Eu não estarei presente para enxugá-la,
mas não faz mal.
Outros amigas(os) farão isso no meu lugar.
E, vendo-me bem substituída,
irei cuidar de minha nova tarefa no céu.
Mas, de vez em quando,
dê uma espiadinha na direção de Deus.
Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz
vendo você olhar para Ele.
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai,
aí, sem nenhum véu a separar a gente,
vamos viver, em Deus,
a amizade que aqui nos preparou para Ele.
Você acredita nessas coisas?
Então ore para que nós vivamos
como quem sabe que vai morrer um dia,
e que morramos como
quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu
para mais perto da gente,
e se inaugura aqui mesmo o seu começo.
Mas, se eu morrer antes de você,
acho que não vou estranhar o céu...
"Ser sua amiga...
já é um pedaço dele..."

DESEJO-LHE UM MARAVILHOSO FIM DE SEMANA.
BEIJOS COM CARINHO.

Vanessa disse...

Olá, esta é minha primeira participação na Tertúlia virtual e estou adorando passear de blog em blog vendo como as pessoas se expressam das mais variadas formas. Muito rico este projeto! Parabéns pelo post.

Georgia disse...

Nilda, me lembro bem do encêndio do Edifício Joelma, eu tinha uns 13 anos e nuncame esqueci daquela catástrofe.

Fogo, é muito bonito, mas longe e com seguranca.

Um beijo querida e bom fim de semana

Eduardo P.L disse...

Nilda,

cade os comentários?
Ontem eu passei aqui, comentei e hoje não vejo nada!!!!

Bjs

Georgia disse...

Nilda querida, passando para um abraco e saber como vc está? Se os problemas estao sendo contornáveis...Olha, só pra vc saber o Edu, colocou uma linda foto sua com orquideas lá no Varal dele.

Aqui o link pra vc ver o carinho dele lá por você:

http://cimitan.blogspot.com/2009/01/foto-do-perfil_18.html

Beijao e boa noite

Judy disse...

Querida Nilda:
Infelizmente lembranças ruins também habitam nossa memória.
Tomara que com o tempo a gente vá se esquecendo de trechos das canções chatas que perturbam nossa mente.

Um abraço e aguardo seu retorno (triunfal, é claro)

Um forte abraço,

Judy

todoyda disse...

Oi Nilda, depois dá uma passadinha lá em casa que tem um selinho para você.
bjks

Pi disse...

Um abraço, minha amiga!!!!!! Bjos carinhosos
Ivete

Eunice Martins disse...

OLA MINHA QUERIDA AMIGA!

"NÃO PENSE:

Para mim nada dá certo, só o que é ruim me acontece, os outros são mais felizes do que eu.
Você não é uma vítima, nem o mundo é melhor para os outros.
Se você pensa que a vida é ingrata, é você mesmo que lhe impõe uma maldição, uma predestinação ao insucesso.
A vida não é má.
Para ser feliz, corrija a si mesmo.
Se algo não saiu bem ontem, sairá hoje ou amanhã; se apareceu um insucesso, o sucesso virá mais a frente.
Acredite-se com sorte e iniciará uma marcha em direção a prosperidade.
A vitória sorri para quem ACREDITA."

AMIGA DESEJO QUE SEU FIM DE SEMANA
SEJA MARAVILHOSO NA PAZ DO SENHOR.
BEIJOS COM CARINHO.

Celia disse...

Estive ausente aqui pq fiquei sen net 15 dias. Uma loucura.
Que coisa horrivel isso que vc presenciou. Posso imaginar a agonia das pessoas. bj

Gaspar de Jesus disse...

Olá D.NILDA
Excelente este seu texto para a o têma FOGO.
Gostei muito!
Parabéns
Bjs para a senhora e um abraço para seu marido.
G.J.

Almira Almeida disse...

Oi Nilda,
Fiquei um tempão tentando reencontrar seu blog; que bom que reencontrei; agora coloquei em meus favoritos. Tomara que você apague as lembranças ruins.
Olhe amo seu blog.
Obrigada por compartilhar conosco tanto trabalho lindo.
Beijos.

Nile e Richard disse...

Oi Nilda.
Realmente é um terror.Estava lá pelaa época do fodo do Joelam,até hoje guardo tristes lembranças,visões do triste episódio.
Que DEUS abençoe a todos que passaram por está terrível esperiência e aos que paritaram numa dolorosa morte.
Compreendo voce.
Espero que volte logo.
Meu carinhoso abraço.Nile.

simone mente corpo e arte disse...

Oi Nilda, é um horror ter que presenciar essas imagens, mas pior é vivenciar, fico pensando que muitas vzs queimamos por dentro e ninguem ver,e acabamos virando cinza.bjs e VOLTE LOGO.BJSS.IMONE

Mariana Rocha disse...

oi tiaaaa.... você nem foi embora e eu já estou com saudadeee!!!! beijo gatinha

trichegege disse...

toc!toc!toc tem alguém aí Alô Nildinha cumé vai aparece rsrsrs Nildinha que bom que vc está em casa tava com saudades do cê eu tava lá no eu blog olhando o pessoal que me visita e aí ví uma bandeirinha de Rio Claro pensei será que é a Nildinha mas parece que não era, quando é que vc vai mostrar as novidades? Sei que vc deve tá na maior correria pois ficou fora muito tempo mas a saudade é grande, sem cobrança, só passei pra mexer com vc. Abraços

trichegege disse...

Se Sabe que eu moro pertinho do Joelma e que guardo meu carro lá na garagem do prédio, hoje considerado o prédio mais seguro de São Paulo com relação a incêndio.

fatinha disse...

Nilda, parabéns pelo seu blog. Como vou ganhar uma netinha em dezembro, tirei algumas receitas suas que vou fazê-las com muito carinho.Uma delas é a MANTA FLOR. Gostaria que vc me explicasse na manta o que é e como se faz o mate. Não entendi. Pois nunca fiz uma manta. sapatinho sim.
Meu e-mail.mfdspereira@hotmail.com
Estou no aguardo se sua mensagem.
Fica com Deus e um cheiro em seu coração.
Fatima Pereira

Fatima disse...

Oi Nilda, seu blog é maravilhoso.Como vou ganhar uma netinha em dezembro, copiei algumas receitas suas inclusive a MANTA FLOR. Gostaria de saber o que é e como se faz o mate que que tem na receita várias vezes. Pois é a 1ª vez que me atrevo a fazer uma manta. Se possível explique-me enviando para meu e-mail: mfdspereira@hotmail.com.
resido no interior da Bahia e aqui é muito frio.Preciso esquentar minha netinha com suas idéias maravilhosas.
Fica com Deus e um cheiro em teu coração
Fatima Pereira

Oi! Esse blog é para dividir e somar um cadin de cada coisa boa que faço e quero fazer . Copie o que quiser, mas me deixe um oizinho, tá? Beijocas Nilda.