domingo, 23 de janeiro de 2011

C A F O N A EU !




Hoje fui chamada de cafona. Pelo tom da voz acho que “meio xingamento”.
Sem procurar muito o porquê conclui olhando a felicidade livre e desmedida dos meus netos caçulas brincando.
Apostei sempre no que mais queria na velhice, poder apreciar a família feliz e unida.
Nos, eu e marido, oferecemos aos filhos o melhor que temos e que somos.
Tenho visto que a corrida incansável das pessoas, as tem levado sim a um troféu de remédios pra depressão, individualismo e ansiedade.
A sociedade de consumo desaba ofertas, viagens, roupas novas, coleções intermináveis de bolsas e brincos.
E carro?
Zero!
Dá-lhe prestações.
Engolidos pela modernidade, grande número de pessoas, vão se somando aos “MC tal da vida” perdendo pequenos grandes momentos que somarão a felicidade.
A vaidade vem aumentando assustadoramente de geração a geração: mais dinheiro, melhor cargo, etc. Dando um falso status de O MELHOR.
Pois é, a cafona aqui ama sem pudor a família deliciosa que tem.
Já amo até o netinho que ainda nem nasceu!!!
Ô cafonice danada que não cobra nada e recebe tanto...
Gosto de tocar abraçar, beijocar, sentir aquele calorzinho que só o carinho tem.
Nem ligo por se bobona...
Tenho uma linda família que executa respeito e obedece limites, ama e se deixa amar.
Tenho uma família normal, igualzinho a sua, que não desperdiço nem um pouquinho deste presente que escolhi pra mim.
Ser feliz!.


Minha beijoca de hoje é muito especial pelo parabéns, dia 22, da Chiquéeeeeeeeeeeerima Dona Esperança.

BOMBONAS PARA BRINQUEDOS




CAIXINHA PARA CHÁ












15 comentários:

Chica disse...

Concordo e aplaudo daqui...Ser cafona vale a pena se for assim...Parabéns!beijos,chica( em férias na praia...)

TRICOT como TERAPIA e PURO PRAZER... disse...

Se cafonice é sinônimo de "ñ alienação", tb gostaria de ser chamada de cafona.
E, se ser moderna significa ser ignorante, e é o q indica nesse caso, então, tb, prefiro e faço questão de ser chamada de cafona.
Portanto, minha amiga, parabéns pela sua cafonice. o MUNDO está carente dessa cafonice.
Abçs
Cilene Macedo

trichegege disse...

Se ser cafona é ser esta pessoa linda e querida que vc é eu também quero ser cafona, só que tem um porém neste xingamento ele está ultrapassado, fora de moda então a pessoa que o usou não pensou p/ usa-lo senão ela veria que xingou vc de algo que se aplica exclusivamente a ela e quem pensa como ela. Bjs com muiiiiiiiiiiiiiitas saudades. O que é ser cafona nos dias de hoje?

Marcia Quadrado disse...

Nildoca,

És chiquérrima, pois és feliz.

Bjs,
Marcia Quadrado

Sheila F. disse...

Eu não ia deixar comentário, mas lendo que vc foi chamada de cafona, e vendo a sua óotima resposta, eu venho te dar os parabéns pelas belas e verdadeiras palavras, por confiar em si mesma e por essa alegria de viver maravilhosa que você passa.

Fiquei encantada com o teu trabalho que é muito muito lindo e pelo blog pude perceber a pessoa maravilhosa que você é.

Abraço, Sheila

Tania Forti disse...

Oi, Nilda, vim agradecer pelo carinho lá no blog. Que casal bonito vocês formam! Seu blog é uma graça e seus trabalhos muito delicados. Essas caixas são de MDF ou papelão? Fiquei curiosa!
beijos

Nilda Biagio disse...

Olá Nildoca
Saudades de vc!!!
Se ser cafona é ser como vc então eu quero ser cafonérrima!!!!
Bj
Nilda

Verônica Bachini disse...

Oi Nilda! Obrigada pela visita! Adorei o seu "cantin", suas artes e sua alegria, e já estou te seguindo, hein?
Parabéns por ter doado sangue, acho isso uma das formas mais sublimes de ajudar alguém.
Beijim, e volte sempre!
Verônica Bachini
§;o)

Ana Amélia disse...

Adorei seu texto... e , se ser cafona é ser feliz , também sou e quero ser sempre cafona.Bjos.

Fatima Gouveia disse...

Olá Nilda!
Venho agradecer seu carinho e dar os parabéns, não só pelos trabalhos maravilhosos como pela postagem "CAFONA EU!"
Você é uma pessoa que eu admiro muito por tudo que me tem transmitido e pelo exemplo de família demonstrado em cada frase que devoro nas suas postagens.
Além de uma verdadeira amizade, devo confessar que sou sua fã...
Também quero ser uma "CAFONA" como você, e sentir a felicidade de ter uma família linda e feliz.
Só faltam os netos...
Desejo para essa família linda o melhor que se pode desejar a quem muito gostamos.
Um beijinho bem ao modo português.
Mifá

CINEFILIA disse...

Hola Nilda,
Encantada de tu visita y comentario en mi blog, eso me ha dado oportunidad de conocerte.
Espero empezar una bonita amistad a través de nuestras aficiones.
Un abrazo desde España.
Magda

Judy disse...

Querida Nilda:


A felicidade provoca em pessoas insatisfeitas comentários (muitas vezes) impróprios e imfelizes.

Cafona é ser rotulador, escravo de modismos e imagens impostas pelo sistema.

Você é livre, feliz e linda!!!
Seja a Nildoca sempre!

um grande e carinhoso abraço,

Gaspar de Jesus disse...

Cara NILDA
Gostei muito de ver esse casal nota 10, como vocês dizem.
Seu marido fica bem, vestido de Pai Natal.
Ah, adorei as suas caixinhas!
Bjs
G.J.

Claudia Pech disse...

Oi vim retribuir a visita...amei tudo que vi e adorei o texto ...acho que tmb sou cafona rsrsrs.
bjo
claudia

ana maria hoppmann disse...

Oiiiii!
sem querer, cheguei aquí!!!e adorei!!! Vc continua a mesma amiga: simpática, bonita e autêntica!!
amei sua crônica : cafona! me encaixo perfeitamente!!!
amei seus tudo!!tricos, croches, madeiras, etc...etc...
saudades e bjocas da
ana,mariquinha, dircinha, vitorinha,
scou?? volte logo!!

Oi! Esse blog é para dividir e somar um cadin de cada coisa boa que faço e quero fazer . Copie o que quiser, mas me deixe um oizinho, tá? Beijocas Nilda.