quinta-feira, 2 de outubro de 2008

AJUDAR Flávia


Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

BLOGAGEM COLETIVA JUSTIÇA PARA FLÁVIA !!!!

Flávia era uma criança normal como muitas outras crianças de sua idade, mas há 10 anos, hoje ela tem 20 anos, vive em como vigil, abre os olhos durante o dia e os fecha à noite para dormir, mas está em coma. Não interage com o meio ambiente e é dependente de todos pra tudo.Isto aconteceu porque seus cabelos ficaram presos no ralo da piscina do condomínio onde moravam, em Moema zona Sul de SP. Seu cérebro foi seriamente danificado pelo tempo que ficou embaixo dágua, presa aos cabelos pelo ralo da piscina.Nem mesmo a fisioterapia diária e o uso constante de órteses, contêm as deformidades que vão se instalando em seu corpo, por causa da hipertonia e da espasticidade. Flávia tem também, devido ao acidente, uma disfagia que é a incapacidade de engolir.Em sua rotina Flávia faz fisioterapia, recebe estímulos visuais e auditivos, além de toda preocupação e cuidado para evitar a formação de escaras, o que ela nunca teve, sua pele é íntegra. Seus dentes também são bem cuidados, pois caso houvesse necessidade de tratamento ela teria que receber anestesia geral por não responder as ordens do dentista. Várias vezes por dia ela precisa ser aspirada pelo nariz e boca, devido à secreções que se formam no pulmão.Durante esses todos esses anos de batalha judicial, o processo de Flavia teve dois julgamentos. Em ambos nos foram concedidas indenizações de valores irrisórios, ínfimos, podendo mesmo serem considerados aviltantes, tendo em vista as gravíssimas sequelas que este acidente - causado por negligência de terceiros - deixou em Flavia. Em novo e último recurso solicito à justiça, - agora em Brasília - indenização de valor adequado à gravidade deste acidente, para que Flavia possa ser cuidada - pelo resto de sua vida - com os recursos de que necessita para ter uma sobrevida digna. Há mais de um ano, o processo de Flavia teve autorização da justiça paulista para ser julgado em Brasília, em última instância. Há mais de três meses, essa decisão saiu publicada no Diário Oficial de São Paulo. Somente dia 14 de Julho de 2008, o processo de Flavia saiu do Tribunal de Justiça de São Paulo rumo ao Superior Tribunal de Justiça em Brasília. E lá, não se sabe por quantos anos ainda permanecerá.
Aqui fica postada a minha adesão ao movimento pois como mãe e ser humano, me emociono , solidarizo e me sinto na obrigação de ajudar a divulgar e assim alertar outras mães a também lutarem pela Flávia pois também estarão lutando também por seus filhos. Odele ,que Deus lhe abençoe muito sempre e continue lhe capacitando e instruindo cada vez mais, lhe confortando e dando forças.
JUSTIÇA PARA FLÁVIA!
(As informações deste post foram retirados de posts do blog de Flávia e escritos por sua mãe Odele)

8 comentários:

Aninha disse...

Minha Lindinha!
Obrigada pela visitinha!!!
É muito bom recarregar as baterias, nus deixa mas criativas e de bem com a vida.
Bjinhos no coração.
Aninha.

Marcia disse...

Que bom é viajar e desperta para vida, não sei o seu caso mais eu adora roça mim sinto em outro mundo.Quero saber se posso postar este pedido em meu blog.Bjos

Eunice Martins disse...

Aprendi muitas coisas em minha vida
e quero compartilhar com você!
Que se apenas uma pessoa me
disser "Você me fez ganhar
o dia!", o meu dia está ganho.
Aprendi...
Que ser generoso é muito mais
importante do que estar certo.
Aprendi...
Que a melhor escola do mundo
está na sabedoria dos mais
velhos.
Aprendi...
Que são aqueles pequenos
acontecimentos diários que
fazem a vida tão espectacular.
Aprendi...
Que debaixo de uma couraça
tem sempre alguém precisando
de reconhecimento e amor.
Aprendi...
Que quando se está apaixonado
não dá para esconder.
Aprendi...
Que ignorar os fatos não muda
a importância deles.
Aprendi...
Que Deus não fez tudo em um
dia. O que me faz achar que
eu posso?
Aprendi...
Que ter uma criança adormecendo
em meus braços é uma das
maiores sensações de paz
do mundo.
Aprendi...
Que algumas simples voltas no
quarteirão com meu pai, nas
noites quentes de verão,
quando eu era criança, fez
maravilhas em mim
quando fiquei adulto.
Aprendi...
Que o dinheiro não compra
bom gosto e muito menos
elegância.
Aprendi...
Que não importa quão sério a
vida me obrigue a ser, todo
mundo precisa de um amigo
para brincar.
Aprendi...
Que o jeito mais fácil de crescer
como pessoa é me cercar de
pessoas melhores que eu.
Aprendi...
Que não há nada mais doce
do que dormir com os filhos
e sentir a respiração deles
no rosto.
Aprendi...
Que às vezes tudo que uma
pessoa precisa é uma mão
para segurar e um
coração para entendê-la.
Aprendi...
Que quando se cultivam
tristezas, a felicidade vai
bater em outro lugar.
Aprendi...
Que a vida é dura, mas que
eu sou forte.
Aprendi...
Que quando se quer ficar
"quites" com alguém, apenas
estamos deixando que aquela
pessoa nos fira de novo.
Aprendi...
Que se deve usar palavras
suaves e ponderadas, pois,
talvez amanhã, tenhamos
que engoli-las.
Aprendi...
Que não posso escolher como
me sinto, mas que posso
escolher como reagir a isto.
Aprendi...
Que todo mundo quer viver
no topo da montanha, mas
que toda a felicidade e o
crescimento está na
escalada.
Aprendi...
Que eu sempre posso rezar
por uma pessoa quando não
tenho condições de ajudá-la
de outra forma.
Aprendi...
Que o amor, e não o tempo,
cura todas as feridas.
Aprendi...
Que ninguém é perfeito até
que eu me apaixone.
Aprendi...
Que um sorriso é a forma mais
barata para se melhorar o
visual.
Aprendi...
Que sorrindo tenho mais chances
de fazer novos amigos.
Aprendi...
Que ter amigos como você é
uma das melhores coisas do
mundo!

Sou feliz por ter sua amizade!
Desejo-lhe um fim de semana maravilhoso.

Nile e Richard disse...

Olá amiga.É lamentável a demora da justiã no trágico caso da Flávia.A mamãe Odete que DEUS continue lhe dando forças e coragem para esta doloroza peregrinação.Estamos na campanha.
Bom fim de semana para voce.bjtos.Nile.

trichegege disse...

Pois é Nildinha demorou mais voltou.
Que bom ter vc conosco de novo e como sepre preocupada com o bem estar e a justiça p/todos, ontem a noite estava pensando no quanto vc aparenta de jovialidade de alegria e mesmo nos momentos difíceis vc econtra força p/ajudar alguém, que bom ter gente com este espírito próximo de nós.

Odele Souza disse...

Obrigada pela solidariedade demonstrada e por participar da blogagem COletiva JUSTIÇA PARA FLAVIA.
Um abraço.

Eunice Martins disse...

O amor que há numa grande amizade:
é como a luz do dia,
clareia o pensamento,
anima o coração
e enche a vida de alegria.

O valor que há numa grande amizade:
é tão caloroso e brilhante como o sol de verão,
a cada dia, cada instante.

O grande amor que há numa grande amizade
significa mais do que as palavras podem dizer,
porque uma grande amizade é um milagre
que abençoa os dias que temos pra viver.
Um dos milagres da minha vida
é simplesmente ter conhecido você!

Desejo-lhe uma semana maravilhosa.
( ),,,( )
(=';'=)
('')?('')

Eduardo P L disse...

Nilda,

estou visitando seu blog e gostei do despreendimento de todas as postagens!
Parabéns por blogar desta forma!

Bjs

Oi! Esse blog é para dividir e somar um cadin de cada coisa boa que faço e quero fazer . Copie o que quiser, mas me deixe um oizinho, tá? Beijocas Nilda.